Movimentos Sociais Notícias e artigos Okupas e Espaços Autônomos

Luta por moradia em São Paulo

Written by Ho Dolpho

Por Ruivo Lopes

1. Quanto oportunismo da imprensa e do governador em tentar desviar a atenção da tragédia culpando as vitimas pelas suas condições irregulares de moradia. Ora, a ausência de uma politica estadual de habitação, a opção por fazer sorteio e fila com o direito à moradia e a priorização ao atendimento de servidores públicos em politicas habitacionais são as marcas do Governo do Estado quando se trata de moradia digna.

2. A FLM (Frente de Luta por Moradia) não cobra “aluguel” em suas ocupações. Os moradores de ocupações coordenadas pela FLM são orientados a realizar assembleia para definição de taxa de contribuição para manutenção do prédio. Inclusive, parte das despesas com segurança, como: extintores, mangueiras e manutenção elétrica são realizados com estes recursos. Colocar isso em pauta, neste momento, é de uma baixaria e sensacionalismo imensuráveis. Canalhas!

3. Da luta não nos retiraremos e do povo não nos separaremos. Nunca passamos por situação de tragédia semelhante. E, por isso, neste momento defendemos a importância de valorização das organizações populares. Não sabemos de tudo, não podemos resolver tudo, mas a experiência coletiva deve contar no apontamento das direções a serem seguidas.

4. Por fim, não acredito na versão de briga de casal que tenha sido responsável pelo inicio do incêndio. Devemos todos cobrar o laudo final sobre o inicio do incêndio. E, na ausência deste, não hesitar em afirmar que trata- se de uma ação criminosa com objetivos claros de intensificação da política de higienização do centro da cidade.

Toda solidariedade aos moradores das ocupações!

#Quemocupanãotemculpa

Lutamoradia Frente De Luta Por Moradia

About the author

Ho Dolpho